Sinusite pode gerar dor de cabeça?

Sinusite pode gerar dor de cabeça?

23 de abril de 2018
A dor de cabeça é um dos sintomas mais comuns no dia a dia, podendo ser motivada por estresse, ansiedade, ou doenças como gripe, meningite, dengue e até mesmo sinusite. Esta última é bastante confundida com enxaqueca por conta da intensidade da dor, e por isso vamos te explicar as principais diferenças existentes entre elas. O neurologista Glauber de Menezes Ferreira (CRM-CE 102640) relembra que a enxaqueca é um tipo de dor latejante em um dos lados da cabeça, de intensidade moderada a forte que pode vir acompanhada de aversão à luz (fotofobia) e ao barulho (fonofobia), náuseas, vômitos, alterações visuais (manchas, faíscas) ou sensitivas (formigamento em extremidades do corpo), podendo durar horas ou dias. Já a sinusite consiste em uma inflamação nas cavidades ósseas situadas na face (“maçã do rosto”) e no crânio, cuja dor acomete a região da testa e dos olhos nos dois lados. Por conta disso, febre e mal-estar também podem aparecer, o que pode piorar após fazer esforço ou movimentos para baixo com a cabeça. No entanto, o problema pode ser resolvido com a ajuda de remédios (antibióticos ou anti-inflamatórios). Faça agora o teste de impacto da enxaqueca Realize o teste e descubra, em poucos minutos, como a dor de cabeça impacta sua vida pessoal e profissional. Realizar o teste siga-nos nas Redes Sociais Dr. Glauber explica que até pode ser comum confundir as dores de cabeça da enxaqueca com as da sinusite, mas os outros sintomas mostram que não há qualquer semelhança: “Por exemplo, enquanto a sinusite dói bastante na região frontal da face, a enxaqueca atinge somente um dos lados da cabeça; e as dores da sinusite não geram a fotofobia e outros sintomas já relatados no início desta matéria. Além disso, a enxaqueca tem ocorrência crônica e a dor de cabeça da sinusite se dissipa à medida que a doença de base é tratada”.  Na dúvida, consulte o especialista – neurologista ou otorrinolaringologista. Cada um fará as devidas avaliações e chegará ao diagnóstico para indicar o tratamento adequado. O importante é correr atrás da qualidade de vida para não deixar a dor interferir em sua rotina. O texto acima possui caráter exclusivamente informativo. Jamais realize qualquer tipo de tratamento ou se automedique sem a orientação de um especialista.
Icone de uma doutora
Encontre um médico

Encontre os médicos especialistas, membros da Sociedade Brasileira de Cefaleia

fazer busca por médico
Icone de uma prancheta com desenho de batimento cardiaco
Sintomas

Entenda e aprenda a detectar os sintomas da enxaqueca e da enxaqueca crônica.

Conhecer sintomas
Icone de uma tratamentos
Tratamentos

Navegue pelos Tratamentos agudos e preventivos e recupere o controle da sua vida.

Conhecer tratamentos