Entenda porque o uso excessivo do celular pode desencadear dor de cabeça

Entenda porque o uso excessivo do celular pode desencadear dor de cabeça

12 de agosto de 2019
Médicos de diferentes especialidades têm alertado à população sobre os prejuízos que o uso excessivo do celular pode causar à saúde física e mental. E dentre algumas destas consequências ruins, está o desencadeamento das dores de cabeça.   De acordo com a fisioterapeuta, Dra. Débora Bevilaqua Grossi (CREFITO – 13716-F), do ponto de vista biomecânico, o uso frequente do celular causa má postura das costas (arqueadas) e em inclinação da cabeça para frente, que tensionam os músculos craniocervicais e do ombro.  “Esta é uma postura que também gera sobrecarga na região cervical (alto da coluna, junto ao pescoço) e nos ombros, compondo um quadro favorável ao desenvolvimento de dores no pescoço que irradiam para a cabeça”, explica. Não à toa, a relação entre as dores de cabeça e pescoço já foi documentada em alguns estudos científicos com informações de que mais de 80% dos enxaquecosos apresentam dores no pescoço, que podem ser associados à problemas de postura¹. Também registram que a dor incapacitante na coluna cervical é mais prevalente em mulheres com enxaqueca², o que pode ser justificada pelo fato de mulheres com enxaqueca apresentarem maior sensibilidade nos músculos cervicais e da face, além de menor amplitude de movimento cervical.  “Por essa relação ser tão frequente, é importante que a avaliação do sistema craniocervical seja feita no paciente com cefaleia, analisando fatores associados à dor como sensibilização, fraqueza, falta de movimento muscular e má postura, e que podem ser mudados com o tratamento fisioterapêutico”, diz a fisioterapeuta.  Especificamente em relação ao celular, a especialista pontua a necessidade de atenção não apenas ao tempo, mas a postura incorreta e na tensão da musculatura do pescoço ao olhar para baixo, que em geral só são percebidas quando já se está com dor. Além de praticar atividade física regular, é importante a realização de manobras específicas para o pescoço e face, que devem ser orientados por um fisioterapeuta.  Faça agora o teste de impacto da enxaqueca Realize o teste e descubra, em poucos minutos, como a dor de cabeça impacta sua vida pessoal e profissional. Realizar o teste siga-nos nas Redes Sociais “Desde o trabalho com a respiração e relaxamento, atividades manuais, exercícios direcionados para a região e até estimulações elétricas, laser, LED e termoterapia estão entre as técnicas não invasivas com evidências científicas de resultados para a diminuição da frequência e da intensidade das dores de cabeça, somando ao tratamento medicamentoso orientado pelo neurologista e que oferecem mais qualidade de vida ao paciente”, completa a profissional.  O texto acima possui caráter exclusivamente informativo. Jamais realize qualquer tipo de tratamento ou se automedique sem a orientação de um especialista. ¹ http://www.baruco.com.br/blog/Florencio_2019.pdf    ² Florencio LLet al. Cervical Muscular Endurance Performance in Women With and Without Migraine. J Orthop Sports Phys Ther. 2019 May;49(5):330-336. doi: 10.2519/jospt.2019.8816. Epub 2019 Mar 26. Taís Cruz, equipe Enxaqueca Crônica – MTB 0083367/SP
Icone de uma doutora
Encontre um médico

Encontre os médicos especialistas, membros da Sociedade Brasileira de Cefaleia

fazer busca por médico
Icone de uma prancheta com desenho de batimento cardiaco
Sintomas

Entenda e aprenda a detectar os sintomas da enxaqueca e da enxaqueca crônica.

Conhecer sintomas
Icone de uma tratamentos
Tratamentos

Navegue pelos Tratamentos agudos e preventivos e recupere o controle da sua vida.

Conhecer tratamentos