A importância do neurologista no tratamento da enxaqueca crônica

A importância do neurologista no tratamento da enxaqueca crônica

3 de outubro de 2017
Mais do que um sintoma, a enxaqueca crônica é uma doença neurológica incapacitante que interfere diretamente na rotina das pessoas. Hoje, existem diversas opções para tratar este problema, mas a verdade é que o neurologista é fundamental para você alcançar os resultados que tanto deseja. “O neurologista é o principal agente da mudança relacionada à enxaqueca crônica porque além de orientar o paciente sobre as mudanças necessárias para prevenir e aliviar as crises de dor, apenas ele é capaz de realizar o diagnóstico correto e indicar um tratamento individualizado, que vai muito além da prescrição de medicamentos”, explica o neurologista Dr. Caio Simioni (CRM SP-108219). Este profissional é o mais habilitado para esclarecer todas as suas dúvidas sobre a doença, identificar possíveis origens do problema, gatilhos, consequências de abuso de analgésicos e, principalmente, de apresentar as alternativas de tratamento ideais para você com o devido monitoramento e ajustes – sempre que necessário. Faça agora o teste de impacto da enxaqueca Realize o teste e descubra, em poucos minutos, como a dor de cabeça impacta sua vida pessoal e profissional. Realizar o teste siga-nos nas Redes Sociais No entanto, todo esse processo é uma via de mão dupla. “Nós orientamos e o paciente precisa relatar se os medicamentos estão sendo efetivos, se houve efeito colateral, se os gatilhos analisados estavam corretos, se houve melhora com a prática de atividade física, e assim por diante”, conta Dr. Caio, que acrescenta: “É comum as pessoas desistirem do tratamento porque não teve resultado imediato e isso também deve ser compartilhado, pois pode levar um tempo para o corpo se acostumar e responder aos remédios ou até mesmo para acertarmos a dose e o medicamento adequado, uma vez que cada organismo reage de uma forma única”. Ao compreender o seu caso, o neurologista também irá avaliar as opções complementares que podem potencializar o resultado, como o acompanhamento com psicólogo ou psiquiatra, fisioterapeuta e nutricionista. A atuação de outras especialidades contribui para o cuidado da doença e condução para uma vida sem dor. Você ficou com alguma dúvida ou quer mais informações? Converse com o seu médico, sem receio, e decidam juntos o que é melhor para você. Só não vale desistir e conviver com a dor achando que é normal. Estamos torcendo por sua saúde! O texto acima possui caráter exclusivamente informativo. Jamais realize qualquer tipo de tratamento ou se automedique sem a orientação de um especialista.
Icone de uma doutora
Encontre um médico

Encontre os médicos especialistas, membros da Sociedade Brasileira de Cefaleia

fazer busca por médico
Icone de uma prancheta com desenho de batimento cardiaco
Sintomas

Entenda e aprenda a detectar os sintomas da enxaqueca e da enxaqueca crônica.

Conhecer sintomas
Icone de uma tratamentos
Tratamentos

Navegue pelos Tratamentos agudos e preventivos e recupere o controle da sua vida.

Conhecer tratamentos