Enxaqueca Crônica - Alimentos certos podem aliviar as dores de cabeça
< VOLTAR

Alimentos certos podem aliviar as dores de cabeça

Publicado 11/07/2016
Enxaqueca crônica

Assim como determinados alimentos e nutrientes podem atuar como gatilhos da dor de cabeça, outros também exercem funções em nosso organismo que podem ser benéficas e, inclusive, aliviar e prevenir as crises.


Conversamos com a Dra. Celia Roesler, membro da Sociedade Brasileira de Cefaleia, para tentar entender melhor este universo e nos explicar quais nutrientes e substâncias podem ajudar a encarar de frente a próxima crise de dor, lembrando que cada tipo de cefaleia tem uma origem específica.


Água
A água melhora a circulação sanguínea, que por sua vez é a responsável pela boa oxigenação cerebral. “Às vezes, o simples fato de o paciente beber dois copos de água durante uma crise pode aliviar a dor”, conta a neurologista. Por isso, a especialista sugere que os enxaquecosos bebam, pelo menos, dez copos de água por dia para manter uma boa hidratação.


Gengibre
Conhecido principalmente por sua propriedade termogênica, essa raíz também age na inflamação dos vasos sanguíneos, tendo a capacidade de interromper o processo que desencadeia a dor. Tratando de suas propriedades, um estudo internacional  chegou a comparar o gengibre com medicamento, reforçando sua eficácia. “Costumo indicar chá de gengibre a alguns pacientes porque ele auxilia no enjoo e na tontura, que são sintomas da enxaqueca. Sugiro-o bem concentrado para beber ao longo do dia (quente ou gelado). Com 500 a 600 ml, a dor de cabeça pode melhorar após 40 minutos”, recomenda a neurologista.


Pimenta
Dra. Roesler explica que a ardência que a pimenta provoca na boca através dos receptores sensíveis que existem na língua envia mensagem ao cérebro para produzir endorfina, aliviando as dores de cabeça. Além disso, também tem ação anti-inflamatória, colaborando no combate do processo inflamatório que ocorre durante uma crise. “Já existem estudos de aplicações nasais de pimenta para enxaqueca crônica e de óleo de pimenta para massagear as têmporas durante uma crise”, acrescenta. 


Cafeína
Às vezes vilão, às vezes herói , a cafeína também pode aliviar as dores de cabeça por agir como um vaso constritor, potencializando o efeito dos analgésicos. Por isso, é importante observar como a bebida age em cada caso. “Se o paciente ingeriu uma xícara de café junto com um analgésico, por exemplo, pode acelerar o efeito desse medicamento. No entanto, ingerir quatro ou cinco xícaras já é considerado abuso, podendo piorar as crises”, orienta a especialista.


Magnésio
O cérebro do enxaquecoso tende a ser carente de magnésio, elemento que age na recepção de serotonina (importante reguladora das vias sensoriais do nosso corpo, incluindo a via dolorosa) . Dra. Roesler conta que é importante repor este suplemento para o organismo ter mais subsídios para combater a dor, bem como diminuir sua frequência e intensidade. Dentre os alimentos que possuem magnésio, a neurologista destaca o gengibre (ele de novo!), castanha, pistache e vegetais verdes escuros.


Vitamina B
- B12: Importante para o funcionamento do sistema nervoso, a falta desta vitamina pode gerar dor de cabeça e problemas de memória. Estudo recente  mostra que fígado, queijo, leite, ovos, espinafre, amêndoas, iogurte são fontes de vitamina
- B6: É indicada, principalmente, em casos que a dor de cabeça se iniciou devido a oscilações hormonais. E como o paciente enxaquecoso também costuma ter disfunção labiríntica, a vitamina ainda ajuda a controlar as tonturas. Consumir frango, peru, frutos do mar, salmão e banana são alternativas para a obtenção deste nutriente.


Mas, atenção: antes de aumentar ou diminuir o consumo de algum alimento ou nutriente para a dor de cabeça, é essencial que consulte o seu médico e um nutrólogo ou nutricionista, que poderão avaliar as quantidades necessárias para se obter os resultados esperados. O médico também está apto para a prescrição de fórmulas que insiram alguns dos complexos vitamínicos aos medicamentos.


O texto acima possui caráter exclusivamente informativo. Jamais realize qualquer tipo de tratamento ou se automedique sem a orientação de um especialista.


Referências:
Maghbooli M, Golipour F, Moghimi Esfandabadi A, Yousefi M. Comparison between the efficacy of ginger and sumatriptan in the ablative treatment of the common migraine. Phytother Res. 2014 Mar;28(3):412-5.
Chattergee A. Migraine Spray Aims to Reduce Headache Pain with Capsaicin. Pract Neurol 2014 may;14-15. [Acesso em 2016 jul 11 ]. Disponível em:http://practicalneurology.com/pdfs/pn0514_CF_capsaicin.pdf - http://practicalneurology.com/pdfs/pn0514_CF_capsaicin.pdf
Nahlig A. Effects of coffee/caffeine on brain health and disease: What should I tell my patients?. Pract Neurol 2016;16(2):89-95. 
Mauskop A, Varughese J. Why all migraine patients should be treated with magnesium. J Neural Transm (Vienna). 2012 May;119(5):575-9.
Namazi N, Heshmati J, Tarighat-Esfanjani A. Supplementation with Riboflavin (Vitamin B2) for Migraine Prophylaxis in Adults and Children: A Review. Int J Vitam Nutr Res. 2015;85(1-2):79-87 - http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4359851/pdf/BMRI2015-469529.pdf
Shaik MM, Gan SH. Vitamin supplementation as possible prophylactic treatment against migraine with aura and menstrual migraine. Biomed Res Int. 2015;2015:469529.


TESTE O IMPACTO DA ENXAQUECA NA SUA VIDA

Você já se perguntou “Quanto a enxaqueca me afeta?”. Faça o teste e descubra como a dor tem impacto em sua vida pessoal e profissional. O prejuízo pode ser maior do que você imagina!

SAIBA +
DIÁRIO DA ENXAQUECA

Baixe o aplicativo e anote suas atividades diárias e as informações sobre as crises de dor. Esses detalhes podem ajudar o especialista no seu diagnóstico! É rápido e simples.

SAIBA +
ENCONTRE UM MÉDICO

Localize os médicos, membros da Sociedade Brasileira de Cefaleia, indicados para diagnosticar enxaqueca crônica e prescrever o tratamento adequado para seu caso.

SAIBA +